Potencialize suas vendas: 7 meios de pagamentos digitais para pet shops

Uma pessoa fazendo pagamento com um smartphone

Descubra como potencializar as vendas com 7 meios de pagamentos digitais para pet shops e como diversificar as opções de pagamento.

Oferecer opções de pagamento adequadas e convenientes é essencial para o sucesso de qualquer negócio, incluindo os pet shops.

Além de fornecer produtos de qualidade, como as rações da PremieRpet®, é crucial disponibilizar diferentes meios de pagamento para atender às necessidades e preferências dos clientes.

Por isso, com o avanço da tecnologia, os pagamentos digitais têm ganhado cada vez mais destaque, tornando-se uma opção popular entre os consumidores.

Com base em dados da Febraban (Federação Brasileira dos Bancos), que aponta que sete em cada dez transações no Brasil são realizadas por meio de canais digitais, fica claro o crescimento e a importância dos pagamentos digitais.

Neste artigo, apresentaremos 7 meios de pagamentos digitais que podem ser implementados pelos pet shops para impulsionar as vendas e melhorar a experiência de compra dos clientes.

Vantagens dos pagamentos digitais em pet shops

Uma pessoa fazendo pagamento com um smartphone

Os pagamentos digitais têm se tornado cada vez mais populares em diversos setores, e os pet shops não são exceção.

Ou seja, com a evolução da tecnologia, surgiram diversas opções de pagamentos digitais que oferecem vantagens significativas tanto para os clientes quanto para os proprietários de pet shops.

Além disso, a agilidade nas transações é uma das principais vantagens dos pagamentos digitais em pet shops. Assim, com a utilização de plataformas digitais, os clientes podem realizar pagamentos de forma rápida e eficiente.

E mais: sem a necessidade de contar dinheiro ou passar o cartão em uma máquina física. Na prática, isso agiliza o processo de pagamento, reduz filas e proporciona uma experiência de compra mais fluida.

Outro fator essencial é que a segurança nas transações eletrônicas também é uma vantagem significativa dos pagamentos digitais em pet shops.

Dessa forma, as plataformas digitais utilizam tecnologias avançadas de criptografia e autenticação, garantindo a proteção dos dados dos clientes e reduzindo os riscos de fraudes.

Na prática, isso proporciona maior tranquilidade tanto para os clientes quanto para os proprietários de pet shops, criando um ambiente de confiança nas transações eletrônicas.

Diversificação de opções de pagamento

Os pagamentos digitais têm se tornado cada vez mais populares em diversos setores, e os pet shops não são exceção.

A partir de agora, vamos conhecer 7 meios de pagamentos digitais para pet shops e seus respectivos detalhes.

1. Pix

Mulher segurando smartphone com uma imagem do logo PIX na tela

O Pix, sistema de pagamento em tempo real lançado em 2020 pelo Banco Central (BC), revolucionou o cenário dos pagamentos digitais no Brasil.

Em pouco tempo, o Pix se tornou um verdadeiro case de inclusão bancária e conquistou o primeiro lugar no ranking dos meios de pagamento mais utilizados no país, de acordo com um levantamento da Febraban (Federação Brasileira de Bancos).

Assim, com mais de 24 bilhões de operações realizadas via Pix em 2022, o sistema de pagamentos instantâneo alcançou uma média de 66 milhões de transações diárias.

Então, como a popularidade do Pix se deve à sua praticidade e facilidade de uso, basta instalar o aplicativo de uma instituição financeira no smartphone para ter acesso a esse sistema revolucionário.

Além disso, no contexto dos pet shops, o Pix oferece uma forma ágil e conveniente de realizar pagamentos.

2. Pix parcelado

Uma das mais recentes inovações no sistema Pix é a opção de parcelamento.

Essa iniciativa, criada pelo Banco Central (BC), permite aos usuários parcelarem suas compras realizadas por meio do Pix.

Com essa funcionalidade, quem envia o dinheiro tem a flexibilidade de parcelar o valor pago, enquanto o vendedor continua recebendo o pagamento integral à vista e de forma instantânea.

Dessa forma, o Pix parcelado oferece uma alternativa conveniente para os clientes que desejam distribuir o pagamento de suas compras ao longo de um período.

No entanto, é importante ressaltar que, em geral, o cliente está sujeito ao pagamento de juros, que pode variar de acordo com a instituição financeira utilizada.

Ou seja, essa opção de parcelamento no Pix traz benefícios tanto para os consumidores quanto para os estabelecimentos comerciais, incluindo os pet shops, pois os clientes têm mais flexibilidade para gerenciar suas finanças e realizar compras de maior valor.

3. Pix cobrança

O Pix Cobrança é uma modalidade específica do Pix destinada exclusivamente a pessoas jurídicas.

Por isso, essa funcionalidade permite que os comerciantes cobrem seus clientes por meio do envio de numerações e QR codes únicos para pagamentos via Pix.

Além disso, com o Pix Cobrança, é possível adicionar informações como o valor da compra, data de vencimento, juros, descontos e até mesmo multas, tornando-se uma excelente opção para empresas que trabalham com cobranças recorrentes de clientes habituais.

Ou seja, essa modalidade do Pix oferece diversos benefícios tanto para os comerciantes quanto para os clientes.

Para os comerciantes, o Pix Cobrança simplifica o processo de cobrança, eliminando a necessidade de emissão de boletos físicos ou virtuais.

Além disso, as taxas cobradas pelas instituições financeiras para recebimentos via Pix Cobrança são geralmente menores do que as tarifas aplicadas aos boletos bancários.

Já para os clientes, o Pix Cobrança oferece conveniência e agilidade no pagamento.

Ou seja, ao receber a cobrança por meio de um QR code ou numeração única, os clientes podem efetuar o pagamento de forma rápida e segura, sem a necessidade de digitar informações adicionais.

4. Pix automático (nova modalidade)

Uma nova modalidade de cobrança está prevista para entrar em operação a partir de abril de 2024: o Pix Automático.

Essa nova funcionalidade, anunciada pelo Banco Central (BC), permitirá que os usuários autorizem pagamentos programados recorrentes de forma automática, de maneira semelhante ao débito em conta corrente.

Atualmente, o débito automático é a modalidade mais comum para pagamentos recorrentes, mas depende de convênios bilaterais com diversas instituições financeiras.

Com a introdução do Pix Automático, espera-se que essa dependência de convênios seja eliminada, tornando o processo de pagamentos programados ainda mais simples e prático.

5. Outros pagamentos via QR Code

Uma pessoa fazendo pagamento via QR Code com um smartphone

Além do Pix, existem diversas outras opções de pagamentos via QR Code que podem ser oferecidas aos clientes.

Dessa forma, os clientes podem escanear o código QR Code com seus smartphones usando aplicativos de pagamento populares, como PicPay, Mercado Pago e PagSeguro.

Ou seja, oferecer pagamentos via QR Code amplia as opções de pagamento disponíveis para os clientes, proporcionando conveniência e agilidade no processo de compra.

Com um simples escaneamento do código, os clientes podem realizar pagamentos de forma rápida e segura, utilizando aplicativos de pagamento já conhecidos e confiáveis.

Assim, essa modalidade de pagamento é especialmente relevante nas vendas virtuais, onde o QR Code pode ser exibido na tela do computador ou dispositivo móvel, permitindo que os clientes realizem transações de forma simples e intuitiva.

6. Carteiras digitais

Uma pessoa segurando um cartão de crédito e um smartphone com uma carteira digital na tela

As carteiras digitais, também conhecidas como e-wallets, são aplicativos que permitem aos usuários armazenarem informações de pagamento e realizar transações de forma rápida e segura.

No Brasil, existem várias carteiras digitais populares, como PayPal, PagSeguro, PicPay, Mercado Pago, entre outras. Assim, essas carteiras podem ser vinculadas a cartões de crédito, contas bancárias ou possuir saldo próprio.

Além disso, as carteiras digitais oferecem uma alternativa conveniente para realizar pagamentos, tanto em lojas físicas quanto em compras online.

Então, com esses aplicativos, os clientes podem armazenar seus dados de pagamento de forma segura e acessá-los facilmente quando necessário.

E, também, isso elimina a necessidade de digitar repetidamente as informações do cartão em cada transação, agilizando o processo de pagamento.

7. Google Play e Apple Play

Os logos do Apple Pay e do Google Pay

O Google Pay e o Apple Pay são sistemas de pagamento virtual oferecidos pelas empresas Google e Apple, respectivamente.

Assim, ambos os sistemas suportam o recurso de pagamento por aproximação (contactless), em que o usuário pode simplesmente aproximar o celular da máquina de cartão para efetuar o pagamento.

Para utilizar esses sistemas, é necessário ter um celular compatível com NFC (Near Field Communication) e cartões que suportem o recurso.

Dessa forma, essas carteiras digitais oferecem uma forma conveniente e segura de realizar pagamentos.

Com o Google Pay e o Apple Pay, os usuários podem cadastrar seus cartões de crédito ou débito no aplicativo e realizar transações de forma rápida e simplificada.

Conclusão

Os pagamentos digitais proporcionam agilidade e conveniência, permitindo que os clientes realizem transações de forma rápida e eficiente, sem a necessidade de contar dinheiro ou passar o cartão em uma máquina física.

Além disso, a segurança nas transações eletrônicas é garantida por meio de tecnologias avançadas de criptografia e autenticação, proporcionando tranquilidade tanto para os clientes quanto para os proprietários de pet shops.

Com a diversificação de opções de pagamento, como o Pix, Pix parcelado, Pix cobrança, Pix automático, pagamentos via QR Code, carteiras digitais e Google Pay/Apple Pay, os pet shops podem impulsionar as vendas e melhorar a experiência de compra dos clientes.

5/5
ENCONTRE O ALIMENTO IDEAL PARA O SEU PET