Transforme o passeio com seu cão em algo saudável para ambos. Confira as dicas!

Para muitos cães, ouvir a palavra passear é o gatilho perfeito para despertar aquele sentimento incontrolável de agitação e alegria, a ponto de dificultar até a colocação da guia.

É como se um portal se abrisse. Ver a rua, outros cachorros, cheirar outros aromas e se sentir mais livre é a parte do dia que os cachorros apreciam muito. É como sair com os amigos, ir ao cinema para os humanos. Aquela dose diária antiestresse, que traz muitos benefícios para o amigão de quatro patas. É uma atividade que consegue ao mesmo tempo socializar, reforçar a parte física, controlar o peso e até retardar o envelhecimento. É a academia dele, que faz com que também fique mais tranquilo.

Quer tornar o passeio com seu cão um sucesso? Confira aqui as 7 dicas da PremieRpet®:

Vacinas em dia. Imunizar é o ponto de partida para um passeio saudável, com menos riscos a todos.

Proteção contra pulgas e carrapatos. Esses parasitas podem provocar doenças muito graves no seu cão. Existem diversos produtos para proteger o seu animal contra pulgas e carrapatos. Consulte um veterinário para saber o mais indicado para seu pet.

Guia. Escolha uma guia de acordo com a personalidade de seu cão. Converse com o veterinário para descobrir a mais apropriada, até porque alguns amigões podem demandar um controle mais próximo. Em vários estados e cidades já existem leis obrigando a focinheira para algumas raças. Em São Paulo, por exemplo, a Lei Estadual nº 11.531/03 e a Lei Municipal nº13.131/01 determinam a obrigatoriedade do uso de guias e coleiras para todos os cães, além de focinheira para cães das raças Pit Bull, Rottweiller, Mastim Napolitano, American Staffordshire Terrier e raças mestiças. Há determinações similares no estado do Rio de Janeiro, Minas Gerais, Pernambuco, Santa Catarina, no Distrito Federal e em várias cidades do País, como Curitiba (PR) e Natal (RN).

Dias quentes. Protetor solar para aqueles que têm pelo curto e claro e, principalmente mucosas claras. Focinhos, orelhas e em volta dos olhos, além da barriga, são os locais indicados. Evite passear nos horários com temperatura mais alta, principalmente das 10h às 15h; assim você evita queimaduras, cansaço excessivo e ainda protege as patas do seu cão.

Frequência. Muitos cães só fazem suas necessidades fisiológicas durante essas saídas. Para esses cães, três passeios diários são a quantidade mais indicada. Já para os cachorros que não dependam dos passeios para fazerem suas necessidades, as caminhadas podem ter uma menor frequência diária. Tudo irá depender da raça e do estilo de vida do animal, a exemplo dos cães de focinho mais curto, que não aguentam passeios muito longos. Já cães mais ativos demandam uma maior frequência de atividade física.

Check-list do que levar para o seu cão. Sacolinha para as necessidades, água para hidratar e petiscos para os passeios mais longos. O biscoito PremieR Cookie e o alimento úmido PremieR Gourmet são ótimas opções para os passeios.

Ganha-ganha. Uma última dica importante: procure você também ter prazer nessa ação diária. Quanto mais perto da natureza e maior interação com seu pet, em lugares os quais você também possa desfrutar desse momento, os ganhos serão para todos, tanto físicos como emocionais. Pense que o cão é aquele seu companheiro que te estimula nessa tarefa diária.

Avalie esse conteúdo!

Últimas Postagens

Receba nossa newsletter

Com novidades e conteúdos incríveis sobre a PremieRpet®

ENCONTRE O ALIMENTO IDEAL PARA O SEU PET