Alimentação caseira para cães e gatos: é indicada?

Cão e gatos comendo ração natural.
Cão e gatos comendo ração natural.

Quando falamos sobre os nossos companheiros de quatro patas, toda preocupação é pouca, afinal, estamos sempre buscando oferecer qualidade de vida e bem-estar para eles, não é mesmo?

E, quando falamos sobre a alimentação dos pets, é normal surgirem dúvidas, como: oferecer alimentação natural ou investir em um alimento comercial, a famosa ração?

Desse modo, é importante entender melhor sobre esse assunto para garantir uma dieta saudável e segura para eles.

Pensando nisso, a PremieRpet® separou alguns pontos para explicar melhor sobre a alimentação natural e se existem riscos de alimentar nossos animais com ela.

Para saber mais, continue por aqui e aproveite o conteúdo!

Afinal, o que é uma alimentação natural para pets?

A alimentação natural, também vista como alimentação caseira, quando fornecida de forma adequada, consiste em uma dieta formulada por um profissional capacitado em nutrição de cães e gatos, que pode ser um médico-veterinário ou um zootecnista.

Desse modo, o profissional faz a avaliação do animal para verificar como está a saúde dele, e então, faz a formulação desse alimento, a fim de atender todas as necessidades nutricionais que o pet precisa suprir diariamente.

Nesse sentido, os alimentos utilizados na composição dessa dieta podem variar de acordo com a formulação e também pode-se incluir diferentes fontes de proteína, gordura e carboidratos, além de sempre necessitar de uma suplementação vitamínica e mineral.

Além disso, são utilizados alimentos cozidos, mas isso dependerá da dieta prescrita pelo profissional.

Vale ressaltar que os alimentos devem ser cozidos, com exceção do óleo e dos suplementos vitamínicos e minerais.

Existem algumas outras exceções, como as frutas e alguns vegetais, mas, de maneira geral, não devem ser fornecidos alimentos crus para os animais, especialmente carnes, pois podem trazer doenças para eles, como salmonelose, clostridioses e listeriose.

A alimentação caseira apresenta risco aos pets?

Mesmo sendo desenvolvida por um profissional capacitado, a alimentação caseira sem a supervisão de um veterinário pode promover alguns riscos para a saúde do animal.

O problema é ainda mais sério quando as pessoas pegam receitas de sites da internet, com informações que não são atestadas por especialistas em nutrição de cães e gatos, ou mesmo fornecem a dieta por conta própria (sem orientação de um profissional).

Com isso, acabam fornecendo uma dieta desbalanceada e, que consequentemente, será prejudicial para o animal, já que poderá causar várias deficiências nutricionais a longo prazo.

Além disso, deve-se atentar para o tipo de alimento que está sendo fornecido para o animal, pois alguns podem não ser adequados, como o consumo de alimentos tóxicos ou então alimentos que o animal pode ter alguma intolerância alimentar, como por exemplo, à lactose.

Isso pode causar vários problemas no organismo do animal ou mesmo levá-lo a óbito.

Qual é a importância de oferecer a alimentação correta para seu pet?

O principal motivo é garantir a saúde do animal, permitindo que ele tenha uma alimentação segura e saudável.

Pensando nisso, é muito importante conhecer quais alimentos podemos ou não oferecer aos cães e gatos, buscando sempre fornecer aqueles que não tragam nenhum malefício à saúde do animal, conforme orientação de um profissional capacitado.

Um hábito que é bem comum em nossa cultura é a de oferecer ossos para os animais domésticos, porém, isso não é aconselhado por veterinários, pois pode causar fraturas dentárias, perfurações e ser necessário realizar cirurgias para retirada deles, colocando a vida do animal em risco.

Além disso, é fundamental que o tutor procure informações confiáveis de um médico-veterinário e forneça alimentos que contenham todos os nutrientes indispensáveis para o dia a dia do seu pet.

O que avaliar ao escolher uma dieta para o pet?

O indicado é sempre utilizar um alimento que atenda a todas as necessidades nutricionais do animal, considerando suas particularidades, como:

  • Fase de vida (filhote, adulto, idoso);
  • Fisiologia (se é um animal gestante, lactante);
  • Doenças concomitantes (que vão necessitar de uma dieta específica);
  • Nível de atividade física.

Para isso, é muito importante que o alimento, seja ele comercial (ração) ou caseiro, deve sempre ser formulado por um profissional capacitado.

Desse modo, a dieta contará com todos os nutrientes que o seu pet precisa, que incluem níveis adequados de proteína, gordura, vitaminas e minerais, permitindo que os pets se mantenham sempre saudáveis!

Qual é a alimentação mais indicada para pets?

A alimentação mais indicada vai depender da avaliação do médico-veterinário e da disponibilidade do tutor em seguir o que foi recomendado pelo profissional.

Pode ser tanto alimento caseiro, principalmente nos casos de animais com comorbidades, ou alimentos comerciais (rações).

Para garantir uma nutrição de qualidade para os pets, a PremieRpet® possui linhas que visam atender as mais variadas necessidades!

As nossas rações Super Premium são excelentes opções, pois possuímos alimentos formulados com ingredientes naturais e sem corantes e conservantes, para garantir uma nutrição ideal e proporcionar uma vida saudável, longa e prazerosa para seu pet.

Confira nossas opções voltadas para uma alimentação natural e saudável para os pets:

Portanto, ao fornecer uma alimentação nutricionalmente completa e balanceada para o seu pet, e de acordo com suas particularidades nutricionais, é possível proporcionar uma vida longa e saudável para ele!

Gostou deste conteúdo? Continue acompanhando o blog da PremieRpet® e fique por dentro da alimentação dos seus animais de estimação. Até a próxima!

Avalie esse conteúdo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Receba nossa newsletter

Com novidades e conteúdos incríveis sobre a PremieRpet®

ENCONTRE O ALIMENTO IDEAL PARA O SEU PET