American Pit Bull Terrier: tudo o que você precisa saber

American Pit Bull Terrier
American Pit Bull Terrier

Descubra tudo o que você precisa saber sobre o American Pit Bull Terrier neste guia. Aprenda sobre sua história, personalidade, saúde e cuidados, e quais são as melhores práticas de treinamento e socialização.

Muitos os temem, outros os amam incondicionalmente. A verdade é que o American Pit Bull Terrier sofre com os estereótipos criados ao seu redor, enquanto são, na verdade, cães extremamente leais.

Por isso, se você está pensando em adotar um American Pit Bull, ou já é tutor de um, este guia é uma fonte definitiva de informações para entender, cuidar e apreciar esses maravilhosos companheiros de quatro patas.

Aqui, vamos desvendar o que realmente faz esses cães especiais e como criar um ambiente seguro e amoroso para eles.

Então, se você está intrigado pela personalidade única dos American Pit Bulls ou quer aprender como cuidar do seu amigo de quatro patas, este guia é a sua janela para o mundo dos American Pit Bulls Terriers.

Origem do American Pit Bull Terrier

Os American Pit Bull Terriers são cães de porte médio, pelo curto e musculatura definida, que descendem dos antigos cães de tipo Bulldogue e Terriers, originários da Inglaterra.

Esses cães eram usados inicialmente como cães de fazenda, para controlar o gado e caçar animais selvagens. Mais tarde, foram explorados em atividades cruéis, como as lutas contra touros, ursos e outros cães.

Apesar da sua origem violenta, os American Pit Bull Terriers são cães leais, inteligentes e afetuosos com seus donos. Eles também são muito versáteis e podem se adaptar a diferentes ambientes e atividades, como esportes caninos, guarda, busca e resgate, entre outros.

A diversidade e as características únicas dos American Pit Bull Terriers são resultados da sua história evolutiva, ou seja, a raça é o resultado de cruzamentos selecionados de várias raças de cães, e suas raízes remontam ao século XIX.

Características principais do American Pit Bull Terrier

Pit Bull Terrier

A partir de agora, vamos explorar algumas das características fundamentais dessa raça que contribuem para sua identidade única e sua reputação.

Vamos, também, aprofundar o que torna o American Pit Bull Terrier tão especial em termos de temperamento, aparência e capacidades.

Aparência

Algumas de suas principais características estão relacionadas ao formato e tamanho da cabeça, que chamam a atenção pelo comprimento, de tamanho médio, além de conter um focinho bastante característico para a raça: largo e profundo. Por sua vez, as mandíbulas são fortes e bem encaixadas. Os olhos são redondos, de tamanho médio.

Outra parte importante da característica do cão é o formato do corpo, que costuma ser mais longo do que alto, o que indica de longe a aparência desta raça. Além disso, as fêmeas costumam ser um pouco mais longas do que os machos, o que também é uma característica física fácil de observar.

Para complementar, o peito é largo e profundo, as costelas são bem arqueadas e o dorso é reto e firme. Imponente, o Pit Bull Terrier tem pernas retas, fortes e bem anguladas, e a pelagem é curta, lisa, brilhante e aderente ao corpo.

Cores e tipos de pelagens do American Pit Bull Terrier

Os American Pit Bulls vêm em uma variedade de cores, o que contribui para sua aparência única e diversificada. Embora a cor e o padrão da pelagem possam variar entre indivíduos, existem algumas variações comuns encontradas.

Como você já deve ter visto, aqui estão algumas das cores e tipos de pelagens mais observados:

  • Pelagem unicolor: esta é uma pelagem sólida, sem marcas distintas. As cores mais comuns incluem vermelho, marrom, preto e branco.
  • Pelagem bicolor: American Pit Bulls com pelagem bicolor geralmente têm uma cor principal, como branco, com marcações em outra cor, como preto, marrom ou tigrado.
  • Pelagem tigrada: os American Pit Bulls tigrados têm uma pelagem listrada ou com padrão de tigre, com listras ou faixas escuras em um fundo mais claro. Essa pelagem é frequentemente vista em tons de marrom e preto.
  • Pelagem azul: a pelagem “azul” é uma cor diluída do preto, que parece cinza-azulado. Essa coloração pode ocorrer sozinha ou com marcas brancas.
  • Pelagem Red Nose (focinho vermelho): alguns American Pit Bulls possuem uma pelagem vermelha e, como o nome sugere, um focinho vermelho. Esses cães geralmente têm olhos verdes ou âmbar.

E, acima de tudo, é importante ressaltar que a cor da pelagem do American Pit Bull não afeta sua personalidade ou comportamento.

Tamanho

Os American Pit Bulls são conhecidos por seu porte médio a grande e sua constituição muscular. Embora haja alguma variação nas dimensões de um cão para outro, essas são as médias gerais em relação ao tamanho da raça:

  • Altura: em média, os American Pit Bulls têm uma altura que varia de centímetros no ombro, o que os coloca na categoria de cães de tamanho médio a grande.
  • Peso: o peso típico de um American Pit Bull adulto varia de 14-27 kg. É importante observar que os machos tendem a ser um pouco mais pesados ​​do que as fêmeas.

Humor

Eles são conhecidos por seu amor às pessoas e por serem excelentes companheiros de brincadeiras. Há, inclusive, quem os conduza como cães de suporte emocional.

Por isso, a maioria dos American Pit Bulls tem uma personalidade amigável e extrovertida, e eles costumam buscar a aprovação de seus tutores.

Contudo, apesar de sua recepção, os American Pit Bulls podem ser cães de proteção, pois são naturalmente protetores de suas famílias.

Sociabilidade do American Pit Bull Terrier

A sociabilidade do American Pit Bull Terrier é um tópico importante a ser discutido, uma vez que esses cães frequentemente enfrentam estereótipos em relação ao seu comportamento.

No entanto, compreender a verdadeira natureza desses animais é fundamental.

Para te ajudar com isso, aqui estão alguns aspectos essenciais sobre a sociabilidade dos American Pit Bulls:

  • Natureza amigável: contrariando mitos, o American Pit Bull é uma raça naturalmente amigável em relação às pessoas.
  • Socialização crucial: como em qualquer raça, a socialização precoce é crucial. Introduzir seu American Pit Bull a várias pessoas, animais, ambientes e situações desde filhote ajuda a criar um cão sociável e confiante.
  • Comportamento animal variável: embora muitos American Pit Bulls sejam considerados sociáveis, bem como outros cães, o comportamento entre animais individuais pode variar. Alguns têm uma natureza mais dominante, enquanto outros são mais submissos.
  • Desafios com outros animais: devido à história de lutas de cães, é essencial monitorar a interação com outros animais, especialmente cães do mesmo sexo. Treinamento adequado e supervisão são importantes nesses casos.
  • Relação com crianças: American Pit Bulls geralmente são excelentes com crianças e são conhecidos por sua paciência e gentileza. No entanto, como com qualquer cão, a interação com crianças deve ser supervisionada.
  • Treinamento e responsabilidade: o comportamento de um American Pit Bull é influenciado significativamente pela forma como é criado, treinado e tratado por seus tutores.

Adestramento e primeiros cuidados

O adestramento e os primeiros cuidados de um American Pit Bull são fundamentais para estabelecer uma relação saudável e segura entre o animal e seu tutor.

Então, como esses cães, conhecidos por sua lealdade e inteligência, prosperam quando recebem orientação adequada desde tenra idade, aqui estão alguns aspectos essenciais a serem considerados:

  • Adestrar um American Pit Bull requer paciência e consistência;
  • Comece com o treinamento de obediência básica, ensinando comandos como “senta” e “fica”;
  • É igualmente crucial, pois expor seu filhote a várias situações, ambientes e pessoas ajuda a criar um adulto equilibrado e confiante;
  • Agende uma consulta com um médico-veterinário logo após receber seu American Pit Bull em casa, para fazer um check-up e verificar se o animal está saudável;
  • É importante manter o calendário de vacinação e vermifugação e consultas de rotina em dia para garantir a saúde do seu animal de estimação;

Além disso, discuta opções de castração com o médico-veterinário.

Saúde

Todo cão precisa de cuidado, certo? No caso do American Pit Bull, há algumas especificidades com as quais você precisa prestar ainda mais atenção:

  • Displasia coxofemoral: é uma condição em que afeta a articulação do quadril, decorrente de alterações anatômicas nessa região.   Isso pode levar à dor e dificuldades de locomoção.
  • Atopia: esta é uma doença de pele decorrente de um processo alérgico comum em American Pit Bulls e outras raças. Se você notar coceira excessiva, lambidas frequentes ou vermelhidão na pele do seu cão, consulte um médico-veterinário para que ele realize os exames necessários e determine se o animal de fato é alérgico a algum componente presente no ambiente .
  • Problemas cardíacos: alguns animais podem ser suscetíveis a doenças cardíacas, como a cardiomiopatia dilatada. Um médico-veterinário pode monitorar a saúde cardíaca do seu cão com exames regulares.

Expectativa de vida

A expectativa de vida de um American Pit Bull Terrier pode variar, mas em média, esses cães vivem de 12 a 14 anos.

Porém, preste atenção à saúde de seu cão, pois os cuidados adequados podem sempre se transformar em uma forma de prolongar a qualidade de vida dele.

Como cuidar do American Pit Bull Terrier

Cuidar de um American Pit Bull Terrier envolve atender às suas necessidades específicas, garantindo que o cão seja saudável e feliz.

Para isso acontecer com tranquilidade, aqui estão algumas orientações para garantir o bem-estar dessa raça:

  • Exercício regular: os American Pit Bulls são cães ativos que necessitam de exercício diário. Por isso, longas caminhadas, brincadeiras e tempo ao ar livre são essenciais para mantê-los felizes.
  • Treinamento obediente: inicie o treinamento desde cedo. Eles são inteligentes e respondem bem ao treinamento positivo. Estabelecer limites e expectativas claras é fundamental.
  • Socialização contínua: continue socializando seu cão ao longo de sua vida. Isso ajuda a mantê-lo confortável em diferentes situações e em interações com outros animais e pessoas.
  • Atenção à saúde: realize check-ups veterinários regulares para manter a saúde do seu cão em dia. Mantenha as vacinas e os tratamentos antiparasitários atualizados.
  • Escovação e higiene: escove o pelo do American Pit Bull regularmente para manter sua pelagem brilhante. Cuide de suas orelhas, olhos e dentes, e apare as unhas conforme necessário.
  • Abrigo adequado: forneça um ambiente seguro e confortável para o seu American Pit Bull. Eles são sensíveis às variações de temperatura, portanto, proteja-os do frio ou calor extremos.
  • Conscientização sobre a raça: esteja ciente das leis e regulamentos locais relacionados a raças específicas, e leve em consideração que algumas áreas podem ter restrições ou requisitos adicionais para a posse de American Pit Bulls.

Alimentação do American Pit Bull Terrier

A alimentação do seu American Pit Bull Terrier é um fator crucial para garantir sua saúde e bem-estar, pois, como esses cães são conhecidos por sua energia e necessidades nutricionais específicas, aqui estão algumas orientações para manter seu cão bem alimentado.

Alimentação balanceada

A alimentação do American Pit Bull Terrier deve ser adequada ao seu porte, nível de atividade e idade. Uma alimentação de alta qualidade, formulada para raças de médio porte, pode fornecer todos os nutrientes que o seu cão precisa para manter a sua saúde e vitalidade.

Além disso, é importante escolher uma alimentação específica para cães adultos ou filhotes, de acordo com a fase de vida do seu pet.

Uma ótima opção de ração para o seu American Pit Bull Terrier é a PremieR Raças Específicas Pit Bull, que foi desenvolvida pensando nas necessidades dessa raça. Esse alimento oferece benefícios exclusivos, como:

  • Nutrição específica: contém ingredientes nobres e de alta tecnologia, que garantem uma alimentação completa e balanceada para o seu cão.
  • Suporte à musculatura: rico em BCAA, aminoácidos de cadeia ramificada que estimulam a síntese de proteína muscular pós exercício, provenientes do whey protein, e L-carnitina que auxilia na queima da gordura.
  • Complexo saúde articular: associação exclusiva de ß-Glucano, EPA, DHA, condroitina e glicosamina, que ajudam a prevenir e tratar as displasias e a osteoartrite, comuns na raça.
  • Saúde intestinal: através da combinação de ingredientes de alta digestibilidade, fibras especiais e prebiótico.
  • Odor e volume das fezes reduzidos: seleção de ingredientes especiais que auxiliam na redução do odor e do volume das fezes.

Para saber mais sobre o alimento, acesse

Porções adequadas

Não superalimentar ou subalimentar, ou seja, evite que seu animal fique abaixo do peso ou em sobrepeso/obeso. Siga as orientações presentes na embalagem do alimento e ajuste as porções com base no nível de atividade e nas necessidades individuais do seu cão.

Frequência das refeições

Alimente seu American Pit Bull Terrier em horários regulares, geralmente duas vezes ao dia para adultos e com mais frequência para filhotes. Isso ajuda a manter seu sistema digestivo saudável.

Não forneça alimentos tóxicos

Não forneça alimentos tóxicos para cães, como chocolate, uvas, cebolas e alho, pois põem causar até mesmo a morte do animal. Certifique-se de que sua casa esteja livre de qualquer substância perigosa para seu animal de estimação, como plantas tóxicas ou produtos de limpeza expostos e de fácil acesso, pois também são muito perigosos para os animais. Garanta que o animal não tenha acesso a esses itens.

Água fresca

Mantenha água limpa e fresca disponível o tempo todo. A hidratação adequada é essencial.

Higiene e bem-estar

A higiene e o bem-estar do seu American Pit Bull Terrier são componentes essenciais para garantir que ele tenha uma vida saudável e feliz.

Aqui estão algumas dicas importantes para manter seu cão limpo, saudável e confortável:

  • Banho regular: use um xampu suave formulado para cães e água morna.
  • Escovação: escove o pelo do seu American Pit Bull pelo menos uma vez por semana. Isso ajuda a remover pelos soltos, estimula a circulação sanguínea e mantém sua pelagem brilhante.
  • Escovação dos dentes: escovar os dentes do seu cão regularmente é importante para prevenir problemas dentários, então, use uma escova de dentes e pasta de dente apropriada para cães.
  • Cuidados com as unhas: mantenha as unhas do seu cachorro aparadas para evitar que cresçam demais e causem desconforto. Você pode fazer isso com ajuda do médico-veterinário.
  • Orelhas e olhos: verifique as orelhas e os olhos do seu American Pit Bull regularmente em busca de sinais de infecções ou irritações. Limpe as orelhas conforme necessário, mas evite inserir objetos no canal auditivo, e busque orientação do médico-veterinário.

Conclusão

Ao chegar ao final deste guia sobre o American Pit Bull Terrier, esperamos que você tenha adquirido um entendimento mais profundo sobre essa raça fascinante e muitas vezes incompreendida.

Os American Pit Bulls, com sua história intrigante, personalidade encantadora e força física, são cães notáveis ​​que podem ser excelentes companheiros para aqueles que desejam investir tempo e esforço em sua criação e cuidados.

Por isso, é importante lembrar que, como qualquer outra raça, os American Pit Bulls são indivíduos únicos, e suas personalidades podem variar amplamente.

Portanto, ao considerar trazer um American Pit Bull Terrier para sua família, lembre-se de dedicar tempo para entender suas necessidades, comprometa-se a fornecer treinamento consistente e fornecer um ambiente seguro e amoroso, pois pode fazer toda a diferença em sua vida e na vida do cão.

5/5

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Comentários:

  1. Eunice Maria de Oliveira Cardoso disse:

    Eu tenho duas Pitty Bull,e são lindas e carinhosas, muito amiga da família, amamos elas. Tem lacinho, perfume, xampu, edredom lenço, travesseiro, muitos brinquedos, são muito amadas.

  2. Cintia Miranda disse:

    Obrigada pelas informações, ajudaram por demais.tenho uma Pit Bull terrier fêmea, a Kira de 1 ano 2 meses já castrada.

Receba nossa newsletter

Com novidades e conteúdos incríveis sobre a PremieRpet®

ENCONTRE O ALIMENTO IDEAL PARA O SEU PET